Ameixa – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

De nome científico Prunus domestica L, a Ameixa é um fruto de cor vermelha, muito suculenta e carnosa. Infelizmente, não tem suas propriedades muito conhecidas pela população, e por isso elas serão listadas na sequência. São importantes por possuírem um alto valor nutritivo, sendo rica em sais minerais, açúcares e vitaminas. Também, desempenham alguns papéis importantes no corpo, no que diz respeito a regulação, manutenção do equilíbrio, atividade antioxidante, e outras.

Seu período de safra em geral, é de dezembro a fevereiro, que coincide com o verão no Brasil. É muito cultivada na região sudeste (principalmente Minas Gerais), Distrito Federal e Bahia. Também, é muito produzida na América do Sul pela Argentina.

Ela pode ser consumida in natura, na forma conservada, ou e meio a diversas receitas. Estas possibilidades irão variar conforme a disponibilidade do fruto e época do ano em que se encontra. Então, veja agora tudo sobre esta fruta:

Origem da Ameixa:

Muito conhecida dos brasileiros, a ameixa, originária das regiões frias da Europa e da China, deu-se bem no Sul do País, em especial nas áreas montanhosas, de clima ameno. Cultivado a muitos séculos, a Ameixa fornece ao organismo humano sais minerais e vitaminas (em especial a A). A medicina popular, que há muito descobriu suas propriedades terapêuticas, consagrou seu uso também como um laxante eficaz.

Tipos de Ameixas:

Ameixas

Dentre todas as variedades de ameixas, vamos destacar quatro e as suas principais características. São elas:

  • Vermelha: São as mais comuns, tanto a casca quanto a polpa são vermelhas e por isso são mais ricas em antioxidantes. Esse tipo de ameixa são excelentes para o tratamento de problemas imunológicos e na prevenção de doenças sérias;
  • Verde: A Ameixa dessa cor também é conhecida pelo nome de rainha cláudia. Ela possui, dentre outras propriedades, altos índices potássio, betacaroteno e fibras. Quem faz o uso desse tipo de ameixa está auxiliando não só o trânsito intestinal, mas perdendo peso;
  • Rosada: Rica em antioxidantes, são excelentes para a saúde da pele;
  • Seca: Outra forma bastante consumida é a ameixa seca, aquela geralmente usada em massas de bolo. Esse tipo é ideal para quem tem problemas de prisão de ventre.

Agora que já conhecemos as principais nutrientes da Ameixa, conheça também os benefícios para o corpo:

Valor Nutricional da Ameixa:

A tabela a seguir traz a composição nutricional em 100 g da Ameixa:

Agora que já conhecemos os nutrientes da ameixa, conheça também os benefícios para o corpo:

Benefícios da Ameixa:

O consumo regular traz os seguintes benefícios para a saúde:

  • Ajuda a melhorar a circulação sanguínea porque tem antioxidantes;
  • Ajuda a combater as doenças cardiovasculares por ter rutina e vitamina C que mantêm os vasos sanguíneos saudáveis;
  • Ajuda a diminuir o apetite porque é rica em fibras.
  • Ajuda o corpo a metabolizar os carboidratos, proteínas e gorduras.
  • Ajuda a controlar a frequência cardíaca e a pressão sanguínea.
  • Ajuda na prevenção de rugas e reduz o número de manchas.
  • Propicia a qualidade da coagulação sanguínea, e evita problemas relacionados.
  • Ajuda a regular o funcionamento do sistema digestivo e assim, aliviar a prisão de ventre.
  • Ajuda o corpo a desenvolver resistência contra agentes infecciosos, inflamações e varrer os radicais livres nocivos.

Como Usar a Ameixa:

Ameixa

Para se obter os benefícios da ameixa, o ideal é que seja consumida frequentemente. 3 ou 4 ameixas por dia é o suficiente.

É importante cuidar com o o excesso: a Ameixa contém grande quantidade de oxalato, substância que, se for consumida em excesso, pode levar à formação de cristais na urina, dando origem ao cálculo renal.

Agora uma dica bem legal: O ideal é que antes de consumir, você deixe as ameixas de molho por 8 horas em um copo de água. Além de melhorar a digestibilidade, ela fica mais macia para ser mastigada — experimente!

Como sugestão de uso, a ameixa preta fica ótima em vitaminas, e pode ser usada também em sucos, pratos doces e salgados, conforme seu gosto.

Contraindicações da Ameixa:

Cuidado com o exagero! A fruta contém grande quantidade de oxalato, substância que, se consumida em excesso, pode levar à formação de cristais na urina, dando origem ao cálculo renal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alfarroba – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

Amêndoa – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais