Derrame Pleural: Sintomas Causas e Como Fazer o Tratamento!

Também chamada de: Água na pleura ou Água no pulmão, o derrame pleural é uma condição clínica caracteriza-se por ” acumulação excessiva de líquido no interior da cavidade pleural. A cavidade pleural é um espaço muito fino entre a pleura visceral (a membrana serosa aderida à parede pulmonar externa e interposta internamente entre os órgãos mediastinais e os pulmões) e a pleura parietal (a membrana serosa que cobre a cavidade). torácica do interior e da face superior do diafragma, interpondo-se, portanto, entre a parede torácica osteomuscular e os pulmões externamente).

Quais são as causas do derrame pleural?

As causas que podem estar por trás do derrame pleural são diferentes. Os tipos de derrame pleural que podem se desenvolver são dois derrames pleurais de tipo transudativa – ou “Transudatos” – e digite essudatizio – ou “exsudato”.

O derrame pleural transudativo é formado devido à alteração de fatores (forças hidrostáticas e oncóticas) que influenciam a formação ou reabsorção do líquido pleural (as pleuras na presença de efusão transudacional são saudáveis). Entre estes:

  • Intoxicação por água,
  • Hipertensão venosa pulmonar
  • Hipertensão venosa sistêmica
  • Cirrose hepática
  • Síndrome nefrótica

Os derrames pleurais exsudativos são a expressão de processos infecciosos-inflamatórios. Surgem devido à alteração dos mecanismos responsáveis ​​pela filtração e reabsorção do líquido pleural. Entre as causas que podem estar na origem estão:

  • Processos infecciosos ou inflamatórios que afetam o pulmão
  • Embolia pulmonar
  • Pancreatite aguda
  • Neoplasias
  • Artrite reumatóide
  • Síndrome após lesão cardíaca
  • Pleurisia micótica
  • Abscesso subdiafragmático
  • Exposição ao amianto

Quais são os sintomas?

A sintomatologia que caracteriza o derrame pleural varia de acordo com a quantidade de líquido presente na cavidade pleural e a velocidade com que ela se acumula. Os sintomas mais frequentes são:

  • Dispneia (dificuldade para respirar)
  • Dor no peito
  • Tosse

Como pode ser prevenido?

Infelizmente, não há muito que possa ser feito para evitar a formação de um derrame pleural. No entanto, manter um estilo de vida saudável baseado em uma dieta balanceada e realizar atividades físicas moderadas ainda pode ajudar a manter o corpo saudável. Lembrando-se de manter o consumo de álcool a um mínimo e não fumar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diga Adeus a Queda de Cabelo: Receita Para Fortalecer as Raízes do Cabelo!

Brigadeiro Fácil: Como Fazer em Menos de 5 minutos!