Doença de Behçet: O que é, Tratamentos, Causas e Sintomas

A síndrome de Behçet, também chamada de “doença de Behçet”, é uma doença rara que causa inflamação dos vasos sanguíneos por todo o corpo.

Essa síndrome pode apresentar inúmeros sinais e sintomas que, inicialmente, não pareciam estar relacionados. Estes sintomas incluem feridas na boca, inflamação dos olhos, erupções cutâneas e lesões na pele e feridas genitais. Os efeitos da síndrome de Behçet variam de pessoa para pessoa e podem ser curados sozinhos.

O tratamento consiste em medicamentos para reduzir os sinais e sintomas da síndrome de Behçet e prevenir complicações graves, como a cegueira.

Doença de Behçet

Causas

A causa exata da doença de Behçet não é conhecida. Mas pode ser um distúrbio auto-imune, o que significa que o sistema imunológico do corpo ataca erroneamente algumas de suas próprias células saudáveis. É provável que fatores genéticos e ambientais também desempenhem um papel fundamental. Diferentes genes associados à doença foram encontrados. Alguns pesquisadores acreditam que um vírus ou bactéria pode ser o gatilho da doença de Behçet em pessoas que têm certos genes que as tornam suscetíveis.

Leia também: Vertigem Posicional Paroxística BenignaVertigem Posicional Paroxística Benigna (VPPB)

Sintomas

Os sintomas da doença de Behçet variam de uma pessoa para outra. Pode desaparecer ou ser recorrente por conta própria. Os sintomas podem ser diminuídos com o tempo. Seus sinais e sintomas dependem de quais partes do seu corpo são afetadas.

As partes do corpo comumente afetadas pela doença de Behçet incluem:

  • Boca. O sinal mais comum da doença de Behçet é a presença de feridas dolorosas na boca, semelhantes às aftas. Começam como lesões orais redondas e elevadas que rapidamente se transformam em úlceras dolorosas. As feridas cicatrizam dentro de um período de uma a três semanas, embora sejam recorrentes.
  • Pele. Problemas dermatológicos podem variar. Algumas pessoas podem ter feridas semelhantes a acne no corpo. Outros podem ter nódulos doloridos, avermelhados e ressecados na pele, especialmente na parte inferior das pernas.
  • Genitais. Pessoas com doença de Behçet podem ter feridas nos genitais. Vermelhas, feridas abertas são geralmente encontradas no escroto ou vulva. As feridas geralmente são dolorosas e podem deixar cicatrizes.
  • Olhos. A doença de Behçet pode causar inflamação ocular; uma condição chamada uveíte (u-vee-i-tis). A uveíte causa visão turva, vermelhidão e dor em um ou ambos os olhos. Em pessoas com doença de Behçet, a condição pode ser recorrente.
  • Articulações. Em pessoas com doença de Behçet, a dor e a inflamação articular freqüentemente afetam os joelhos. Também pode afetar os tornozelos, cotovelos e punhos. Os sinais e sintomas podem durar de uma a três semanas e desaparecer por conta própria.
  • Sistema vascular. A doença de Behçet pode causar inflamação nos vasos sanguíneos (veias e artérias) que causa vermelhidão, dor e inchaço nas pernas ou nos braços quando um coágulo sanguíneo se forma. Inflamação das grandes artérias pode levar a complicações como aneurismas e estreitamento ou obstrução do vaso sanguíneo.
  • Sistema digestivo. A doença de Behçet pode causar uma variedade de sinais e sintomas que comprometem o sistema digestivo; que inclui dor abdominal, diarréia e sangramento.
  • Cérebro. A doença de Behçet pode causar inflamação no cérebro e o sistema nervoso se manifesta como dor de cabeça, febre, desorientação, problemas de equilíbrio ou derrame cerebral.

Arterite de Células GigantesLeia também: Arterite de Células Gigantes: Tratamentos, Causas e Sintomas

Quando ir ao Médico

Marque uma consulta com seu médico se notar sinais e sintomas incomuns que possam indicar a doença de Behçet. Se você foi diagnosticado com a doença, consulte o seu médico se você notar novos sinais e sintomas.

Preparação para a consulta

É provável que comece por consultar o seu médico de cuidados primários se tiver quaisquer sinais ou sintomas da doença de Behçet. O médico provavelmente irá encaminhá-lo para alguém que se especialize no tratamento de artrite ou outras doenças reumáticas (reumatologista) para confirmar o diagnóstico da doença de Behçet.

Se nenhum reumatologista participou do seu diagnóstico, você pode ser encaminhado para um para controlar a doença de Behçet. De acordo com os sinais e sintomas que você tem, você também pode precisar consultar com um oftalmologista para tratar problemas de visão com um ginecologista ou urologista para tratar úlceras genitais, com um dermatologista para problemas de pele, um gastroenterologista para tratar problemas digestivos ou com um neurologista para sintomas relacionados ao cérebro ou ao sistema nervoso central.

Como as consultas podem ser breves e quase sempre há muito o que conversar, é uma boa ideia estar preparado. As informações a seguir ajudarão você a se preparar para a consulta.

O que pode fazer

  • Faça uma lista de quaisquer sintomas que você tenha, mesmo aqueles que não parecem estar relacionados com a razão pela qual você agendou a consulta médica.
  • Faça uma lista das informações pessoais mais importantes, incluindo o que lhe causa mais estresse e mudanças recentes em sua vida.
  • Faça uma lista de todos os medicamentos, vitaminas e suplementos que você toma, incluindo doses.
  • Peça a um membro da família ou amigo para acompanhá-lo. Além de oferecer apoio, essa pessoa poderia anotar as informações do médico ou de outro pessoal da clínica durante a consulta.
  • Faça uma lista de perguntas para o médico. Preparar uma lista de perguntas pode ajudá-lo a aproveitar ao máximo seu tempo com seu médico.

No caso da doença de Behçet, algumas das perguntas básicas que você pode fazer ao seu médico incluem:

  • Qual é a causa mais provável dos meus sintomas?
  • Existem outras causas possíveis?
  • Quais testes eu preciso fazer? Eles exigem alguma preparação especial?
  • Esta condição é temporária ou de longo prazo?
  • Quais são minhas opções de tratamento e quais você recomendaria?
  • Eu tenho outra doença. Qual é a melhor maneira de controlá-los em conjunto?
  • Você tem alguma brochura ou outro material impresso que possa levar comigo? Quais sites você recomendaria?

O que esperar do médico

É provável que o médico faça várias perguntas, como:

  • Que tipo de sinais e sintomas você teve, e quando eles começaram?
  • Os sintomas ocorrem o tempo todo ou eles vêm e vão?
  • Quão intensas são elas?
  • Quando os sintomas apareceram pela primeira vez?
  • Existe alguma coisa que parece melhorá-los?
  • Existe alguma coisa que parece piorá-los?
  • Existe alguém na sua família que tenha uma doença semelhante?

Tratamento

A doença de Behçet não tem cura. Se a doença de Behçet é leve, o médico pode prescrever medicamentos para controlar surtos temporários que causam dor e inflamação. Você pode não precisar tomar remédio entre uma sessão e outra.

Se os seus sinais e sintomas são mais intensos, o médico pode recomendar medicamentos para controlar os sintomas da doença de Behçet que se manifestam em todo o corpo, além de medicamentos para surtos temporários.

Tratamentos para sinais e sintomas individuais da doença de Behçet

O seu médico esforçar-se-á por controlar quaisquer sinais ou sintomas que tenha durante surtos com medicamentos como:

  • Cremes, géis e pomadas para a pele. Os medicamentos tópicos de corticosteróides são aplicados diretamente na pele e nas feridas genitais para reduzir a inflamação e a dor.
  • Enxaguamentos bucais. Bochechos que contêm corticosteróides e outros agentes para reduzir a dor das feridas na boca podem aliviá-lo.
  • Gotas para os olhos. Colírios contendo corticosteróides ou outros medicamentos anti-inflamatórios podem aliviar a dor e vermelhidão dos olhos se a inflamação for leve.

Tratamentos sistêmicos para a doença de Behçet

Se os medicamentos tópicos não ajudarem, seu médico pode recomendar um medicamento chamado colchicina (Colcrys). Os sintomas da artrite também podem ser melhorados com a colchicina.

Casos graves de doença de Behçet requerem tratamentos para controlar os danos causados ​​pela doença entre os surtos. Se a doença de Behçet for moderada ou grave, seu médico poderá prescrever:

  • Corticosteróides para controlar a inflamação. Os corticosteróides, como a prednisona, podem reduzir a inflamação causada pela doença de Behçet. Os sinais e sintomas da doença de Behçet tendem a recorrer quando os corticosteróides são utilizados isoladamente, por isso, os médicos os prescrevem juntamente com outros medicamentos para inibir a atividade do sistema imunológico (imunossupressores).

Os efeitos colaterais dos corticosteróides incluem ganho de peso, azia persistente, pressão alta e afinamento dos ossos (osteoporose).

  • Medicamentos que suprimem o sistema imunológico. Impedindo o sistema imunológico de atacar tecidos saudáveis, drogas imunossupressoras reduzem a inflamação. As drogas imunossupressoras que podem ser muito importantes para controlar a doença de Behçet são, entre outros, a azatioprina (Imuran, Azasan), ciclosporina (Sandimmune, Neoral, Sandimmune) e ciclofosfamida (Cytoxan).

Como esses medicamentos inibem as ações do sistema imunológico, o risco de infecção pode aumentar. Outros possíveis efeitos colaterais incluem problemas hepáticos e renais, baixa contagem de células sangüíneas e pressão alta.

  • Medicamentos que alteram a resposta do sistema imunológico. O interferon alfa-2b (Intron A) regula a atividade do sistema imunológico para controlar a inflamação. Pode ser usado sozinho ou em conjunto com outros medicamentos para ajudar a controlar as feridas da pele, dor nas articulações e inflamação ocular em pessoas com doença de Behçet.

Os efeitos colaterais incluem sinais e sintomas semelhantes aos da gripe, como dores musculares e fadiga.

Medicamentos que bloqueiam uma substância chamada fator de necrose tumoral são eficazes no tratamento de alguns dos sinais e sintomas da doença de Behçet, especialmente para pessoas que apresentam sintomas mais graves ou resistentes. Exemplos incluem infliximab (Remicade) e etanercept (Enbrel).

Os efeitos colaterais podem incluir dor de cabeça, erupção cutânea e aumento do risco de infecções do trato respiratório superior.

Arterite de TakayasuLeia também: Arterite de Takayasu: O que é, Tratamentos, Causas e Sintomas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arterite de Takayasu: O que é, Tratamentos, Causas e Sintomas

Doença de Buerger: O que é, Tratamentos, Causas e Sintomas