Doenças infecciosas: Tratamentos, causas e sintomas!

Doenças infecciosas são distúrbios causados ​​por organismos, como bactérias, vírus, fungos ou parasitas. Muitos organismos vivem dentro e em nossos corpos. Eles geralmente são inofensivos ou mesmo úteis, mas sob certas condições, alguns organismos podem causar doenças. Algumas doenças infecciosas podem ser transmitidas de uma pessoa para outra. Alguns são transmitidos por picadas de insetos ou animais. E outros são adquiridos através da ingestão de alimentos ou água contaminados ou pela exposição a organismos no ambiente.

Os sinais e sintomas variam dependendo do organismo que causa a infecção, mas geralmente incluem febre e fadiga. Infecções leves podem responder a repouso e remédios caseiros, enquanto algumas infecções com risco de vida podem requerer hospitalização. Muitas doenças infecciosas, como sarampo e varicela, podem ser prevenidas com vacinas. A lavagem frequente e completa das mãos também ajuda a protegê-lo da maioria das doenças infecciosas.

Doenças infecciosas

Causas:

As causas de doenças infecciosas podem ser as seguintes:

  • Bactérias. Esses organismos unicelulares causam doenças como amigdalite estreptocócica, infecções do trato urinário e tuberculose.
  • Vírus. Os vírus são ainda menores que as bactérias, mas podem causar muitas doenças: do resfriado comum à AIDS.
  • Cogumelos. Muitas doenças de pele, como micose e pé de atleta, são causadas por fungos. Existem outros tipos de fungos que podem infectar os pulmões ou o sistema nervoso.
  • Parasitas. A malária é causada por um minúsculo parasita que é transmitido através de picadas de mosquito. Existem outros parasitas que podem ser transmitidos aos seres humanos através das fezes dos animais.

Contato direto:

Uma maneira simples de contrair a maioria das doenças infecciosas é entrar em contato com uma pessoa ou animal infectado. Existem três maneiras pelas quais doenças infecciosas são disseminadas por contato direto:

  • De pessoa para pessoa. Uma forma comum de disseminação de doenças infecciosas é a transferência direta de bactérias, vírus ou outros germes de uma pessoa para outra. Isso acontece quando um portador da bactéria ou vírus toca ou beija uma pessoa que não está infectada, nem tosse ou espirra nela. Esses germes também são transmitidos nas relações sexuais, através da troca de fluidos corporais. É possível que a pessoa que transmite o germe não apresente sintomas da doença, mas seja apenas um portador.
  • De animal para pessoa. A mordida ou arranhão de um animal infectado – até mesmo um animal de estimação – pode deixá-lo doente e, em casos extremos, pode ser fatal. Também lidar com resíduos de animais pode causar riscos. Por exemplo, você pode se infectar com a toxoplasmose limpando a caixa de areia do seu gato.
  • Da mãe para o feto. É possível que uma mulher grávida espalhe doenças infecciosas para o feto. Alguns germes atravessam a placenta. Pode transmitir germes vaginais para o bebê durante o parto.

Contato indireto:

Os organismos causadores de doenças também podem ser transmitidos através de contato indireto. Muitos germes permanecem em objetos inanimados, como bancadas, maçanetas ou torneiras. Ao tocar um botão tocado por alguém que, por exemplo, teve resfriado ou gripe, você pode levar consigo os germes deixados por essa pessoa. Se você tocar seus olhos, boca ou nariz antes de lavar as mãos, poderá se infectar.

Picadas de insetos:

Alguns germes dependem de insetos carreadores – como mosquitos, pulgas, piolhos ou carrapatos – para passar de um hospedeiro para outro. Essas operadoras são chamadas de “vetores”. Os mosquitos podem transmitir o parasita da malária ou o vírus do Nilo Ocidental, e os carrapatos de veados carregam a bactéria que causa a doença de Lyme.

Contaminação de alimentos:

Outra maneira que os germes causadores de doenças podem infectar você é por meio de alimentos ou água contaminados. Este mecanismo de transmissão permite que os germes infectem muitas pessoas através de uma única fonte. Por exemplo, E. coli é uma bactéria presente em certos alimentos, como hambúrgueres mal cozidos ou suco de frutas não pasteurizado.

Sintomas:

Cada doença infecciosa tem seus sinais e sintomas específicos. Os sinais e sintomas gerais que são comuns em muitas doenças infecciosas incluem:

  • Febre
  • Diarreia
  • Fadiga
  • Dores musculares
  • Tosse

Quando ir ao médico:

Procure atendimento médico se:

  • Um animal mordeu você
  • Você tem dificuldade em respirar
  • Você está tossindo há mais de uma semana
  • Você tem dor de cabeça severa com febre
  • Você tem uma erupção ou inchaço
  • Você tem febre prolongada e nenhuma causa aparente
  • Você tem problemas de visão repentinos

Preparação para a consulta:

Provavelmente, você primeiro consultará seu clínico geral. Dependendo da gravidade da infecção e dos sistemas afetados por ela, o médico pode encaminhá-lo a um especialista. Por exemplo, um dermatologista é especializado em condições de pele, enquanto um pneumologista lida com distúrbios pulmonares.

O que pode fazer:

Você pode querer escrever uma lista que inclua:

  • Descrições detalhadas dos seus sintomas
  • Informações sobre problemas de saúde que você teve
  • Informações sobre os problemas médicos de seus pais ou irmãos
  • Todos os medicamentos e suplementos alimentares que você toma
  • Perguntas que você quer perguntar ao médico

Preparar uma lista de perguntas ajudará você a aproveitar ao máximo seu tempo com o médico. Para doenças infecciosas, algumas perguntas básicas a serem feitas ao seu médico incluem:

  • Qual é a causa mais provável dos meus sintomas?
  • Existem outras possíveis causas dos meus sintomas?
  • Que tipo de testes eu preciso fazer?
  • Minha condição é provavelmente temporária ou duradoura?
  • Qual tratamento você recomenda?
  • Eu tenho essas outras condições. Qual é a melhor maneira de controlá-los em conjunto?
  • Existe uma alternativa genérica ao medicamento que me foi receitado?
  • Existe uma brochura ou outro material impresso que possa me levar? Quais sites você recomendaria?

O que esperar do médico:

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, por exemplo:

  • Quando seus sintomas começaram?
  • Os sintomas aparecem e desaparecem ou são constantes?
  • Quão severos são os sintomas?
  • Você esteve recentemente em contato com uma pessoa doente?
  • Você já sofreu mordidas ou arranhões de qualquer animal ou estado em contato com fezes de animais?
  • Você tem uma picada de inseto?
  • Você já comeu carne mal cozida ou legumes não lavados?
  • Você saiu do país ultimamente?

Tratamento:

O médico pode escolher o tratamento adequado se você souber que tipo de germe causa sua doença.

Antibióticos:

Os antibióticos são agrupados em “famílias” de tipos similares. As bactérias também são separadas em grupos de tipos semelhantes, por exemplo, estreptococos ou E. coli. Alguns tipos de bactérias são particularmente suscetíveis a certas classes de antibióticos. O tratamento pode ser ajustado com maior precisão se o médico souber que tipo de bactéria deve ser tratada.

Em geral, os antibióticos são reservados para combater infecções bacterianas, porque esses tipos de drogas não têm efeito sobre as doenças causadas por vírus. No entanto, às vezes é difícil determinar que tipo de germe combater. Por exemplo, alguns tipos de pneumonia são causados ​​por vírus e outros são causados ​​por bactérias.

O abuso de antibióticos resultou em muitos tipos de bactérias que desenvolvem resistência a uma ou mais variedades de antibióticos. Isso torna o tratamento de bactérias muito difícil.

Antivirais:

Drogas foram desenvolvidas para tratar alguns vírus, mas não todos. Exemplos incluem os vírus que causam:

  • HIV AIDS
  • Herpes
  • Hepatite B
  • Hepatite C
  • Influenza

Antifúngicos:

Medicamentos antifúngicos tópicos podem ser usados ​​para tratar infecções da pele ou unhas causadas por fungos. Algumas infecções fúngicas, como aquelas que afetam os pulmões ou membranas mucosas, podem ser tratadas com um antifúngico oral. Infecções fúngicas mais graves que afetam os órgãos internos, especialmente em pessoas com sistema imunológico enfraquecido, podem precisar de medicamentos antifúngicos intravenosos.

Antiparasitário:

Algumas doenças, incluindo a malária, são causadas por pequenos parasitas. Embora existam medicamentos para tratar essas doenças, algumas variedades de parasitas desenvolveram resistência aos medicamentos.

Prevenção:

Agentes infecciosos podem entrar no corpo por:

  • Lesão ou contato com a pele
  • Inalação de germes no ar
  • Ingestão de alimentos ou água contaminados
  • Picadas de mosquito ou carrapato
  • Contato sexual

Siga estes passos para reduzir o risco de infecção para si e para os outros:

  • Lave as mãos. Isto é especialmente importante antes e depois de preparar as refeições, antes de comer e depois de usar o banheiro. Tente não tocar os olhos, o nariz ou a boca com as mãos, pois essa é uma maneira comum de os germes entrarem no corpo.
  • Seja vacinado. A imunização pode reduzir significativamente as chances de se obter muitas doenças. Certifique-se de ter suas vacinas recomendadas e seus filhos atualizados.
  • Fique em sua casa quando estiver doente. Não vá ao trabalho se tiver vômito, diarréia ou febre. Também não envie seus filhos para a escola se eles apresentarem esses sinais e sintomas.
  • Prepare suas refeições com segurança. Mantenha as bancadas e outras superfícies da cozinha limpas enquanto prepara as refeições. Cozinhe as refeições na temperatura certa usando um termômetro de alimentos para verificar o cozimento. No caso de carnes moídas, a temperatura deve ser pelo menos 160ºF (71ºC); no caso do frango, a 165 ºF (74 ºC); e no caso de outras carnes, 145 ºF (63 ºC). Além disso, refrigerar as sobras imediatamente: não deixe que os alimentos preparados permaneçam à temperatura ambiente por longos períodos.
  • Tenha sexo seguro. Você deve sempre usar preservativos se você ou seu parceiro tiverem um histórico de infecções sexualmente transmissíveis ou comportamentos de alto risco.
  • Não compartilhe efeitos pessoais. Use sua própria escova de dentes, pente e barbeador. Evite compartilhar óculos e utensílios.
  • Viajar com segurança. Se você sair do país, converse com seu médico sobre as vacinas especiais que você pode precisar; por exemplo, para febre amarela, cólera, febre tifóide ou hepatite A ou B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Doenças da retina

Doenças da retina: Tratamentos causas e sintomas!

Enfisema

Enfisema: O que é, tratamentos, causas e sintomas!