Guaraná – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

De nome científico Paullinia cupana, o guaraná é um fruto de uma planta medicinal da família das Sapindánceas, o guaraná também é conhecido como Uaraná, Guanazeiro, Guaranauva, ou Guaranaína, muito utilizada como remédio caseiro para falta de energia, cansaço excessivo e falta de apetite. O guaraná é uma planta muito comum na Amazônia, sendo que seu fruto é frequentemente utilizado em todo o território brasileiro para fazer sucos ou misturado com outros alimentos para aumentar os níveis de energia e pode ser comprado em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação, feiras livres e alguns mercados, na sua forma natural, em pó ou em forma de fruto. Então, para saber um pouco mais sobre o guaraná continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse incrível fruto. Vamos lá?!

Origem do Guaraná:

O guaraná é o nome de uma planta nativa da América do Sul, cientificamente conhecida como Paullinia cupana, bem como o nome do extrato derivado das sementes desse mesmo arbusto. A fruta do guaraná parece uma pequena toranja e pode variar em cor de laranja a marrom. Estas bagas agrupadas contêm uma única semente rodeada por um arilo, mas quando maduras, a semente é frequentemente aberta ou exposta. As sementes são moídas em uma pasta ou produzidas de maneira semelhante aos grãos de café.

Esta substância tem sido usada por povos indígenas há milhares de anos e é amplamente conhecida como uma substância estimulante. A alta concentração de cafeína nestas sementes – ainda mais alta do que no café – faz com que seja extremamente popular como um estímulo para o sistema nervoso central. Tem havido um grande debate em torno do guaraná nos últimos anos, devido à sua presença em muitas bebidas energéticas e suplementos. De um modo geral, quando tomado em doses moderadas, esta substância estimulante é considerada segura.

Valor Nutricional do Guaraná:

A tabela a seguir traz a informação nutricional para 100 g:

Agora que já conhecemos os nutrientes, conheça também os benefícios para a saúde.

Benefícios do Guaraná:

Confira aqui alguns dos melhores benefícios desse fruto:

Fonte Natural de Energia:

O teor de cafeína nesse fruto é maior do que a quantidade presente nos grãos de café. Isso faz com que seja um impulsionador de energia maravilhoso . Um estimulante natural, evita a fadiga. Também evita uma queda nos níveis de energia desencadeada devido ao estresse muscular.

Ajuda na Perda de Peso:

A fruta também é conhecida por possuir propriedades supressoras do apetite. Um chá preparado com guaraná tinha sido usado desde tempos imemoriais para suprimir a fome, abrindo caminho para a emagrecer.

Estudos também indicam que essa fruta estimula o sistema nervoso a induzir a lipólise, onde as gorduras liberadas no sangue são usadas na forma de energia durante o exercício. Quanto melhor a taxa de lipólise, mais eficaz será a perda de peso. Outra forma de perder peso é com o Projeto Fit 60D:

Remédio Natural Para o Estresse:

O guaraná também conhecida como fruto mágico, sabe-se que possui propriedades calmantes. Uma xícara de chá com esta fruta pode realmente ajudar a aliviar os níveis de estresse e melhorar o seu humor. A cafeína é conhecida por ter efeitos positivos no humor, e isso aumenta o estado de alerta e as sensações de bem-estar.

Melhora a Saúde Mental:

Além de facilitar as melhores capacidades de aprendizagem, o guaraná também é conhecido por ajudar a melhorar o desempenho intelectual. Você pode usá-lo junto com o Ginseng para melhorar os poderes mentais. Esta fruta tem o potencial de melhorar a circulação sanguínea, promovendo assim uma melhor saúde mental. Quanto melhores forem os níveis de circulação sanguínea, mais alívio você obterá da enxaqueca e das dores de cabeça.

Melhora o Sistema Digestivo:

Quando usado junto com açafrão em pó, isso pode ser usado para melhorar o poder de digestão . Um remédio natural para o inchaço e diarreia, o guaraná tem sido usado em toda a Europa para tratar a retenção de água. O fruto também é conhecido por ser útil na cura de problemas intestinais e ajuda na eliminação dos resíduos e toxinas acumuladas nos intestinos, agindo assim como um agente desintoxicante natural.

Funciona Como um Afrodisíaco Natural:

Este suplemento dietético é conhecido em todo o mundo pelas suas propriedades afrodisíacas naturais. A presença de cafeína nesta fruta enriquece-a com as suas propriedades estimulantes da libido inata. Assim, o uso regular pode ajudar uma pessoa a levar uma vida sexual feliz.

Melhora a Saúde do Sistema Cardiovascular:

Inteiramente abençoado com antioxidantes, o guaraná ajuda no combate aos radicais livres que afetam o funcionamento do sistema cardiovascular. A eliminação desses elementos, assim, aumenta o poder do sistema cardiovascular, mantendo várias doenças cardíacas na baía.

Antídoto Natural Para Problemas Menstruais:

Isso é uma benção para as mulheres que são propensas a menstruação dolorosa. Ele regula os ciclos e também é conhecido por ajudar na eliminação dos sintomas pré-menstruais. As mulheres, que se sentem letárgicas e desgastadas durante a menstruação, podem contar com a ajuda do guaraná para melhorar seus níveis de energia.

Reduz o Risco de Doenças Cardiovasculares:

A presença de catequinas e cafeína permite que esses frutos atuem como agentes anti-plaquetários. Estes ingredientes ajudam a reduzir o risco de várias doenças cardiovasculares, bem como a trombose, impedindo o afinamento do sangue, tornando-se “pegajoso” e formando coágulos.

Atua Como um Analgésico Natural:

A cafeína presente nesse fruto estimula a circulação do sangue. Quanto melhor a circulação do sangue, menor a dor sentida em uma lesão. Atua como um analgésico natural, ajudando assim aqueles que sofrem de dores de cabeça constantes, enxaquecas, bem como dores menstruais e outras.

Para obter todos os benefícios proporcionados por este fruto, a melhor forma de consumi-lo é em pó. Para isso, basta dissolver uma colher de sopa do pó de guaraná em um copo de água, suco ou leite.

Como Consumir o Guaraná:

As partes usadas do guaraná são suas sementes ou frutos em forma de pó para fazer chás ou sucos, por exemplo. Confira a seguir como consumir:

Guaraná da Amazônia:

Ingredientes:

  • 400 ml de gelo (mais ou menos uma forma de gelo);
  • 4 colheres (sopa) de leite em pó;
  • 6 colheres (sopa) de xarope de guaraná, bem cheias;
  • 2 colhers(sopa) de amendoim torrado;
  • 2 colheres (sopa) de castanha de caju torrada;
  • 2 colheres (chá) de pó de guaraná;
  • Suco de 1 limão (opcional).

Modo de Preparo:

  • Bata todos os ingredientes no liquidificador.

Esta é a receita tradicional, a ela podemos acrescentar vários sabores: banana, chocolate, açaí e outros.

Mousse de Guaraná:

Ingredientes:

  • 2 caixas de gelatina de sua preferência;
  • 1 lata de leite condensado;
  • A mesma medida (da lata) de guaraná;
  • 1 caixinha de creme de leite.

Modo de Preparo:

  • Dissolva as gelatinas em 250 ml de água quente.
  • Bata todos os ingredientes no liquidificador.
  • Leve para gelar.
  • Depois de bem gelado é só servir.
  • Se preferir, adicione calda e frutas ao seu mousse.

Não coloque kiwi; os kiwis contêm uma substância que não deixa a gelatina endurecer.

Chá de Guaraná:

Ingredientes:

  • 4 colheres (de chá) de guaraná;
  • 500 mL de água.

Modo de Preparo:

  • Diluir 4 colheres (de chá) de guaraná em 500 mL de água fervente e deixar repousar por 15 minutos.
  • Beber 2 a 3 xícaras por dia.

Bolo de guaraná:

Ingredientes: Para a massa:

  • 1 xícara de frutose;
  • 5 ovos;
  • 3 xícaras chá de farinha de trigo;
  • 1 xícara chá de guaraná zero sem gelo;
  • 1 colher sopa de fermento em pó.

Ingredientes: Para a cobertura:

  • 1 vidro de 200ml de leite de coco light
  • 1 vidro da mesma medida de guaraná zero
  • Coco ralado sem açúcar para polvilhar

Modo de Preparo: Para a massa:

  • Bata a frutose com as gemas até formar um creme fofo
  • Adicione o guaraná e bata mais um pouco, vá acrescentando a farinha de trigo, fermento em pó e misture sem bater, até ficar homogêneo.
  • Reserve.
  • Bater as claras em neve e incorpore-as delicadamente à massa.
  • Despeje a massa em uma forma redonda untada e enfarinhada e asse em forno médio pré-aquecido (180º graus) de 20 a 25 minutos retire do forno e fure com palito.

Modo de Preparo: Para a cobertura:

  • Misture o leite de coco com o guaraná e mexa bem.
  • A seguir despeje sobre o bolo frio e polvilhe coco ralado.

Além disso, o guaraná também pode ser vendido em forma de cápsulas, que devem ser ingeridas de acordo com a orientação do médico.

Efeitos Colaterais do Guaraná:

Os efeitos colaterais do guaraná incluem dor de estômago, náuseas, dor de cabeça, agitação, tremores ou insônia, quando consumido em excesso.

Contraindicações do Guaraná:

O guaraná está contraindicado para grávidas, mulheres a amamentar e pacientes com problemas cardíacos, doenças renais, hiperfunção da hipófise ou com transtornos psicológicos, como ansiedade ou pânico.

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Kumquat – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

Goji Berry – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais