Jabuticaba – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

De nome científico Plinia cauliflora, a jabuticaba é uma fruta silvestre da jabuticabeira, que é uma árvore típica do Brasil. Ela pode ser consumida com ou sem casca ou em compotas, geleias, xaropes, vinho, vinagre, aguardente e até licores. Pretinhas por fora e branquinhas por dentro, a jabuticaba é uma delícia e ainda é a fruta preferida da mais famosa personagem do escritor Monteiro Lobato, a boneca Emília. Assim como a personagem é 100% brasileira, a fruta também é, podendo ser encontrada nas regiões mais tropicais do Norte ao Sul do país, mesmo sendo típica na Mata Atlântica. Três espécies são cultivadas no país, todas ricas em açúcar e com aproximadamente 45 calorias em 100 gramas da fruta, consequentemente não engorda quando consumida com moderação. É possível encontrar jabuticabas em feiras de frutas e, na hora de comprar, prefira levar para casa aquelas que estiverem mais viçosas, firmes, brilhantes, sem rachaduras ou picadas de insetos.

A melhor forma de consumi-la é fresca, para evitar a fermentação, que começa imediatamente após a colheita e altera o sabor e o valor nutricional da fruta. No artigo de hoje, vou contar um pouco mais sobre a importância da jabuticaba para a saúde no geral.

Origem da Jabuticaba:

A jabuticaba é um fruto de origem Brasileira, e, mais particularmente, no estado de Minas Gerais. Ela cresce sobre uma árvore de folha caduca grande, o que pode chegar a 8-10 metros – 25-25 pés de altura. O fruto cresce diretamente do tronco e os galhos da árvore, que dá a jabuticabeira uma aparência muito incomum quando na fruta. O fruto é uma pequena e redonda, do tamanho de uma uva de mesa. Jabuticaba tem uma única semente, uma pele grossa e escura, de cor púrpura.

Embora a palavra jabuticaba também tenha o significado Tupi ” lugar onde as tartarugas são encontradas” cresce na maioria das regiões do Brasil. Sua identificação com Minas Gerais é tão forte que a jabuticabeira aparece no brasão de armas da cidade de Contagem, e outra cidade, em Minas Gerais, Sabará, apresenta um festival de jabuticaba anualmente.

Devido a estas propriedades medicinais potentes, jabuticaba é considerado o principal candidato a seguir guaraná e açaí para os mercados da América do Norte e Europa, como a próxima “super fruta”. No momento em que o mercado para este fruto e seus produtos em quase inteiramente nacional, mas que a situação pode mudar drasticamente em um futuro próximo.

jabuticaba

Valor Nutricional da Jabuticaba:

A tabela a seguir traz a informação nutricional para uma 100 g:

Componentes Quantidades por 100 g
Energia 44,9 calorias
Proteínas 0,54 g
Gorduras 0 g
Carboidratos 11,2 g
Vitamina B1 60 mcg
Vitamina B2 160 mcg
Vitamina B3 2,4 mg
Vitamina C 12,8 mg
Fósforo 60 mg
Potássio 13,2 mg

A jabuticaba deteriora-se muito rapidamente, assim sendo, deve ser consumida o mais rapidamente possível e, para sua preservação por mais tempo, deve ser guardada na geladeira.

Benefícios da Jabuticaba:

A jabuticaba é um excelente desintoxicante do organismo e rica em antocianina, um antioxidante importante que atua na prevenção do envelhecimento precoce. Porém, a antocianina está na casca da fruta e, por isso, esta fruta deve ser consumida com a casca, para se ter esses benefícios. Outros benefícios incluem:

Fortalecer o Sistema Imunológico:

Graças à presença da vitamina C, esta fruta se torna uma potente aliada dos nossos mecanismos de defesa, fazendo com que o organismo fique livre de gripes e resfriados, por exemplo.

Garantir uma Gravidez Saudável:

A quantidade de vitamina E presente neste fruto, além de ajudar as mulheres que desejam engravidar, aumentando a fertilidade, é essencial para os primeiros três meses da gestação, fazendo com que o bebê tenha um bom desenvolvimento e diminuindo os riscos de aborto.

Facilitar o Processo Digestivo:

As fibras alimentares encontradas nesta fruta ajudam a tornar o trânsito intestinal mais saudável e eficaz, prevenindo também a constipação e a prisão de ventre.

Melhorar a Saúde Óssea:

Para as crianças em desenvolvimento ou para os adultos que precisam prevenir e combater a osteoporose, esta fruta também é uma boa fonte do mineral cálcio para o nosso organismo. O nutriente também contribui com a saúde dos músculos e dentes.

Favorecer o Emagrecimento:

Devido a presença das fibras alimentares, a pequena fruta garante saciedade mais facilmente, diminuindo os lanchinhos antes das refeições principais e favorecendo a perda de peso de forma saudável e natural.

Auxiliar no Emagrecimento:

Por seu nível calórico baixíssimo e pouca gordura, esta fruta está liberada para quem deseja manter uma dieta saudável para perder peso. Abundante na quantidade de fibras, a fruta te ajuda a emagrecer justamente porque te deixa satisfeito muito mais rápido.

Melhorar a Saúde do Coração:

Por ser altamente rica em agentes antioxidantes, a pequena fruta previne as doenças cardiovasculares e, as fibras alimentares, ajudam na redução dos níveis de colesterol no sangue.

Além disso, a jabuticaba não engorda porque é uma fruta sem gordura e com poucas calorias, por isso, é uma ótima alternativa para variar e enriquecer as dietas de emagrecimento.

Como Consumir a Jabuticaba:

A principal forma de consumo é in natura, mas essa fruta também pode ser consumida em preparações como:

Suco de Jabuticaba:

Ingredientes:

  • Água (2 litros);
  • Jabuticaba (1 quilo).

Modo de Preparo:

  • Pegue a polpa e o sumo da fruta que você já aprendeu a fazer e, então, bata no liquidificador.
  • Você pode adoçar a gosto e adicionar pedras de gelo. Fica uma delícia!

Chá de Folha de Jabuticaba:

Ingredientes:

  • 15 g de folhas de jabuticaba bem limpinhas;
  • 200 ml de água filtrada;
  • Mel, açúcar ou adoçante a gosto (opcional).

Modo de Preparo:

  • Colocar a água dentro de uma panela e levar ao fogo.
  • Desligar quando ela começar a ferver (entrar em ebulição);
  • Acrescentar as folhas de jabuticaba, tampar a panela e deixar descansar durante 10 minutos;
  • Em seguida, coar, adoçar com o mel, açúcar ou adoçante, se achar necessário, e servir-se imediatamente.
  • O ideal é tomar o chá de folha de jabuticaba logo depois do seu preparo antes que o oxigênio do ar destrua os seus compostos ativos.

Um chá costuma preservar substâncias importantes até 24 horas depois do preparo, porém, depois desse período, as perdas são consideráveis.

Chá de Cascas de Jabuticaba:

Ingredientes:

  • ½ xícara de cascas de jabuticaba;
  • 1 litro de água.

Modo de Preparo:

  • Em um recipiente que pode ser aquecido coloque a água e as cascas de jabuticaba.
  • Esquente e deixe ferver por aproximadamente 5 minutos.
  • Coe e então sirva o chá.

Caso prefira pode adoçar o chá de jabuticaba com açúcar ou adoçante e até mesmo consumir a bebida gelada.

Chá Gelado de Polpa de Jabuticaba:

Ingredientes:

Modo de Preparo:

  • Esprema as jabuticabas e então adicione o chá verde – em temperatura ambiente – e o gelo.
  • Se preferir bata o gelo e as frutas no liquidificador e então misture com o chá verde.

Independentemente do tipo de preparação, a jabuticaba deve ser utilizada de forma integral, ou seja, com casca, para que todos os seus nutrientes sejam aproveitados, principalmente as fibras e as substâncias antioxidantes que se encontram justamente na casca dessa fruta. Antes do consumo, a jabuticaba deve ser bem lavada já que ela deve ser consumida com a casca. Essa fruta tem seus benefícios potencializados quando é consumida junto com uma alimentação saudável.

Contraindicações da Jabuticaba:

Até o momento nunca se constatou qualquer contraindicação ao uso da jabuticaba. Todavia, ainda que na medicina natural, recomenda-se o acompanhamento de cada problema por parte de um profissional médico.

Efeitos Colaterais da Jabuticaba:

Não foram relatados efeitos colaterais decorrentes do uso nas bibliografias consultadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jambolão – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

Ingá – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais