Jerivá – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

De Nome Científico Syagrus romanzoffiana, o jerivá é um fruto de uma palmeira nativa da mata atlântica, no Brasil, o fruto é do tipo drupa, de cor amarela ou alaranjada, de formato globoso a ovóide, com polpa fibrosa, suculenta e doce. Cada fruto contém uma única semente, como um minúsculo coco, de sabor amendoado. Tanto os frutos, como as sementes dos jerivás são comestíveis. No artigo de hoje, vou contar um pouco mais sobre a importância do jerivá para a saúde no geral:

Origem do Jerivá:

O jerivá (Syagrus romanzoffiana) é um fruto de origem brasileira, nativo da Mata Atlântica, conhecido por vários nomes tais como Baba-de-boi, Coco-de-babão, Coco-de-cachorro, Coco-de-catarro, Coqueiro, Coqueiro-gerivá, Coquinho, Coquinho-de-cachorro, Gerivá, Jeribá, e Palmeira-jerivá. Ele é encontrado em várias regiões brasileiras, principalmente no sudeste, centro-oeste e em alguns locais da região sul.

A planta, possui ciclo perene, é de médio porte e chega a alcançar até 20 metros de altura, prefere solos encharcados tais como brejos e várzeas. Possui folhas longas e pendentes. Sua inflorescência surge quase o ano todo em forma de cacho, em pequenas flores amareladas, que são visitadas por abelhas.

Seus frutos amarelados, do tipo drupa é arredondado, possui polpa fibrosa, doce e suculenta. Cada fruto produz uma semente, que se assemelha a um pequeno coco, com sabor amendoado e comestível. A propagação da planta é através das sementes ou de mudas.

Ele é encontrado em quintais de casas de roça, em chácaras, em regiões de matas mais úmidas e em sites que comercializam sementes e mudas de plantas.

Os frutos do jerivazeiro faziam a alegria das crianças de roça, que se reuniam para pegar, abrir e quebrar os coquinhos com pedras, para degustação de sua polpa e suas saborosas amêndoas.

VEJA Também : Como Essa Mulher Emagreceu 32Kg em APENAS 4 Semanas..

Jerivá

Valor Nutricional do Jerivá:

A tabela a seguir traz a informação nutricional para uma 100 g:

Agora que já conhecemos os nutrientes do jerivá, conheça também os benefícios para a saúde.

Benefícios do Jerivá:

Por causa das suas propriedades, o jerivá pode ser utilizada em diversas situações, como:

  • Reduzir a inflamação, sendo bom para combater a doença inflamatória intestinal e a artrite reumatoide;
  • Ajudar na manutenção dos níveis de testosterona, para um ótimo desenvolvimento muscular;
  • Melhorar a função cardíaca e a pressão arterial;
  • Fortalecer e dar estrutura a osso e dentes;
  • Participar da coagulação sanguínea;
  • Manter o equilíbrio do pH sanguíneo;
  • Melhorar a capacidade de aprendizagem;
  • Ajudar a regular a coagulação sanguínea;
  • Ajudar no combate a alergias e a asma;
  • Transmitir impulsos nervosos;
  • Permitir a contração muscular;
  • Ajudar no combate à depressão;
  • Melhorar o sistema imune.

Como Consumir do Jerivá:

Comer a polpa do coquinho não é muito interessante porque fica grudada nos dentes. Entretanto
A jerivá é muito versátil, aproveitada para várias finalidades. Seus frutos servem de alimento e produção de óleo.

Sua madeira empregada na construção rural, fabricação de mourões e engradamento para telhados. Suas folhas servem como cobertura de casas e para alimentação do gado. O palmito retirado da planta é saboroso e utilizado em várias receitas culinárias.

A planta é utilizada em projetos de paisagismo, em jardins, ruas e praças; seja isolados ou em grupos; e para a recuperação de áreas degradadas. A polpa do jerivá maduro pode ser batida e utilizada para preparação de sucos, cremes e mousses.

VEJA TAMBÉM: ACABE de Vez com o SOFRIMENTO da Menopausa HOJE…

Contraindicações do Jerivá:

Até o momento não foram registradas contraindicações a respeito do uso do jerivá, porém o consumo em excesso de qualquer tipo de alimento pode vir a causar danos.

Efeitos Colaterais do Jerivá:

Não foram relatados efeitos colaterais decorrentes do uso nas bibliografias consultadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Herbs & Spices – What Goes With What Food

Yuzu – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais