Spirulina – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

De nome científico: Cyanophyta, A Spirulina é um pó natural de “alga” (cyanbacteria) que é incrivelmente rico em proteínas e uma boa fonte de antioxidantes, vitaminas do complexo B e outros nutrientes. A Spirulina pode ser utilizada como suplemento alimentar indicada como uma excelente fonte de minerais, vitaminas, proteínas e aminoácidos, importantes na dieta vegetariana e durante a prática de exercícios físicos, podendo utilizada para emagrecer. É um remédio produzido pelos laboratórios Eversil, Bionatus ou Divcom Pharma, por exemplo e, é comercializado sob a forma de comprimidos, suspensão oral ou cápsulas. Então, para saber um pouco mais sobre a Spirulina continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre ela. Vamos lá?!

Origem da Spirulina:

Embora ela seja conhecida como uma alga verde-azulada, a Spirulina na verdade é uma cianobactéria. Trata-se de uma bactéria fotossintetizante, que vive em lagos e rios de pH elevado, extremamente nutritiva (podendo ser consumida pelos seres humanos e outros animais).

Os astecas já a utilizavam como alimento e, com a NASA sugerindo seu cultivo e consumo aos astronautas em missões espaciais de longa duração.

As variedades mais comercializadas são a Arthrospira platensis, a mais amplamente distribuída, sendo encontrada na África, Ásia e América do Sul, e a Arthrospira maxima, na América Central.

Para que Serve a Spirulina:

A Spirulina é um alimento completo, rica em vários nutrientes, que pode ser utilizado como suplemento dietético (inclusive para evitar a desnutrição).

A Spirulina também serve de fonte alternativa de proteína (ela tem teor proteico maior do que a própria carne vermelha), o que ajuda a complementar a dieta dos vegetarianos.

As apresentações da cianobactéria mais comuns, em se tratando de consumo humano, são os comprimidos, as cápsulas e o pó.

Vale destacar que ela também pode ser utilizada como ingrediente de medicamentos tônicos. A Spirulina em flocos é mais usual nas formulações de rações para peixes.

espirulina

Valor Nutricional da Spirulina:

A tabela a seguir traz a informação nutricional para 100 g de Spirulina:

Agora que já conhecemos os nutrientes, conheça também os benefícios para a saúde:

Benefícios da Spirulina Para Saúde:

Além de ajudar a emagrecer, a Spirulina é conhecida como um superalimento por conter um alto teor de proteínas e diversas vitaminas e minerais, trazendo benefícios como:

  • Melhorar o cansaço, ao impedir a formação de ácido lático nos músculos após a atividade física;
  • Purificar o organismo, devido ao seu teor diurético e propriedades desintoxicantes;
  • Impedir o envelhecimento precoce, por ser rica em antioxidantes, como a vitamina A;
  • Prevenir câncer, por ser super antioxidante e rica em micronutrientes como zinco e selênio;
  • Melhorar triglicerídeos e colesterol, devido ao seu poder antioxidante;
  • Melhorar rinite alérgica e congestão nasal, por fortalecer a imunidade;
  • Ajudar no controle da hipertensão, pois ajuda a relaxar os vasos sanguíneos;
  • Ajudar na recuperação muscular, por ser rica em ferro, magnésio e ômega-3;
  • Reduzir a inflamação, por conter ômega-3;
  • Prevenir diabetes, por ajudar a controlar os níveis de glicemia.

Por ser um superalimento e trazer benefícios para todo o organismo, a Spirulina é indicado em diversas fases da vida e na prevenção e tratamento de doenças, especialmente em casos de obesidade, gordura localizada, prevenção de envelhecimento e recuperação muscular de praticantes de atividade física.

Como Tomar Spirulina:

A dose recomendada para se tomar de Spirulina para emagrecer é de 3 g por dia, podendo ser tomada em uma única dose ou de forma dividida ao longo do dia, devendo-se preferir tomar as cápsulas 30 minutos antes das principais refeições do dia, que são café da manhã, almoço e jantar.

A Spirulina pode ser encontrada na forma de comprimido ou pó, estando à venda em lojas de produtos naturais, suplementos nutricionais, farmácias e supermercados, com o preço variando entre 15 e 100 reais, de acordo com a qualidade e tamanho da embalagem.

Benefício Spirulina

Como Usar a Spirulina:

A Spirulina está disponível em forma de pó e em cápsulas, podendo ser ingerida com um pouco de água ou adicionadas aos alimentos, como sucos e vitaminas. Em geral, recomenda-se o uso de 1 a 8g por dia, variando de acordo com objetivo almejado:

  • Ajudar no controle do colesterol: 1 a 8 g por dia;
  • Melhorar a performance muscular: 2 a 7,5 g por dia;
  • Ajudar no controle da glicemia: 2g por dia;
  • Ajudar no controle da pressão: 3,5 a 4,5 g por dia;
  • Ajudar no tratamento para gordura no fígado: 4,5 g por dia.

A Spirulina deve ser tomada de acordo com a orientação do médico ou do nutricionista, podendo ser consumida em uma dose única ou fracionada em 2 ou 3 doses aos longo do dia.

Medicamentos e Alimentos:

Ainda considerando os benefícios da Spirulina para reforçar o sistema de defesa do organismo, ela pode neutralizar a eficácia de fármacos imunossupressores, como prednisona, metotrexato, ciclosporina, adalimumabe, etc.

Seu consumo também pode interferir com medicamentos como a varfarina e drogas do tipo anti-inflamatória naõ esteroidal e alimentos (açafrão, alho, cravo, danshen, gengibre, ginkgo e ginseng) de ação anticoagulante, aumentando as chances de hemorragia.

spirulina

Efeitos Colaterais:

O consumo da Spirulina pode causar enjoo, vômitos ou diarreia.

Contra-indicações:

A Spirulina não deve ser utilizada durante a gravidez, lactação, crianças, nem por fenilcetonúricos. Além disso, ela pode causar reações alérgicas em algumas pessoas, mas essa complicação é rara. Conheça também a alga Clorela, outro super alimento que ajuda a emagrecer e melhorar a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Babaçu – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

Baru – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais