Como acabar com o melasma sem ir ao dermatologista!

Está querendo acabar com o melasma e não consegue? Então esta dica simples para acabar com o melasma com certeza vai ajudar você. Mas, antes de saber como acabar com o melasma, conheça um pouco mais sobre essa condição. O melasma é uma condição dermatológica crônica, que causa descoloração no rosto. Geralmente, aparece em forma de manchas marrons, alaranjadas ou azul acinzentadas na parte superior das bochechas, no lábio superior, na testa e no queixo.

Os principais fatores que causam o problema são alterações hormonais e exposição ao sol; os tratamentos mais eficazes e que perduram tem como objetivo a redução ou eliminação dessas causas. Muitas mulheres sofrem com melasma durante a gravidez, melhorando naturalmente após o fim da gestação. Confira a seguir a como acabar com o melasma:

Como Acabar com o Melasma:

O melasma pode ocorrer por causa de alterações hormonais durante a gravidez ou de exposição ao sol. As mulheres são muito mais propensas do que os homens a desenvolver essa condição.
As manchas escuras de melasma aparecem mais frequentemente nas bochechas, na testa, no nariz e no queixo.

Nas mulheres, o melasma costuma desaparecer sozinho após a gravidez ou após uma mulher afetada interromper o uso de pílulas anticoncepcionais. Cremes de clareamento da pele podem ajudar a disfarçar o problema. Confira a seguir as formas de como acabar com o melasma:

Cremes Clareadores:

O cremes que clareiam manchas são umas das melhores formas de como acabar com o melasma, pois fazem um tratamento a longo prazo, mas com resultados duradouros, podendo ser usados em qualquer local do corpo:

  • Hidroquinona, contém um princípio ativo clareador, e deve ser usado por 1 a 2 vezes ao dia, mas por tempo limitado, devido a efeitos irritantes na pele, como descamação e coceira;
  • LUMICLEAR – é uma das melhores formas de como acabar com o melasma, pois é um tratamento diário focado em suavizar manchas e uniformizar o tom da pele. Clareia áreas hiperpigmentadas localizadas na pele: melasmas, clasmas, sardas, etc. (manchas provocadas pele sol). É um creme que ajuda a reduzir a aparência de descolorações, enquanto hidrata e ajuda a proteger contra futuros sinais de envelhecimento. Saiba mais sobre o LUMICLEAR 
  • Retinóides, como Tretinoína, Adapaleno e o Tazaroteno usados em forma de creme ou gel, são úteis para reduzir o escurecimento da pele;
  • Corticóide tópico, em pomadas, pode ser usado por um curto período de tempo, para diminuir a inflamação da pele que pode causar manchas;
  • Ácido azeláico, também tem um efeito no controle da quantidade de melanina e escurecimento da pele;
  • Outros ácidos como ácido kójico, glicólico e salicílico, são presentes em tratamentos cosméticos, e são mais eficazes quando em associação com outros ácidos, para auxiliar no clareamento e renovação da pele.

O tempo de tratamento varia de acordo com o produto utilizado e com a profundidade da pele afetada, e os resultados podem começar a ser vistos após 2 a 4 semanas de tratamento, que pode durar até cerca de 6 meses.

Tratamentos Estéticos:

Estes tipos de tratamento devem ser feitos por profissionais qualificados, e são orientados pelo dermatologista, pois promovem a remoção da camada superficial da pele, e conferem resultados mais rápidos:

  • Peeling químico, é feito com ácidos, com concentrações mais fortes que os usados em cremes, para remover uma camada da pele. Pode ser leve para o melasma superficial ou mais intenso para melasma profundo.
  • Microdermoabrasão, conhecido como peeling de cristal, é uma técnica de esfoliação profissional que remove as camadas superficiais da pele para um aspecto renovado;
  • Microagulhamento, é um técnica que perfura a pele com microagulhas para estimular a produção de colágeno e circulação de sangue na pele, o que pode ser útil para diminuir algumas manchas na pele, além de reduzir as rugas e flacidez do rosto.
  • Luz intensa pulsada, não é uma opção inicial, mas é utilizada em alguns casos que não melhoram com outros tratamentos, e até podem piorar as manchas na pele se usada de forma errada.

Geralmente, são necessárias várias sessões para se obter o resultado desejado, o que varia de acordo com a intensidade e a profundidade do melasma.

Como Acabar com o Melasma na Gravidez:

Uma dica de como acabar com o melasma é usar o protetor solar e hidratantes naturais diários. De preferência, os produtos devem ser hipoalergênicos e oil free, para que não provoquem oleosidade na pele e, assim, evitar o surgimento de espinhas, também comuns na gravidez.

O uso de cremes clareadores ou tratamentos estéticos com produtos químicos, ácidos ou laser estão contra-indicados na gravidez. Em casos muito necessários, o Ácido azeláico e Ácido salicílico em doses baixas não oferecem risco neste período, mas, preferivelmente, qualquer tratamento deve ser adiado até o fim da gravidez e amamentação.

Além disso, devido às alterações hormonais da gravidez, o tratamento de manchas na pele fica dificultado, e, também, é muito provável que as manchas na pele sejam naturalmente melhoradas após o fim da gestação.

Tratamentos Caseiros Para Melasma:

Existem algumas opções naturais, que não substituem o tratamento, mas que podem ajudar a aliviar o melasma. Algumas opções são:

  • Aplicar Bepantol derma solução, devido à vitamina B5 e outros princípios ativos da composição, o bepantol pode ajudar a regenerar a pele inflamada e evitar a formação de manchas.
  • Usar uma máscara hidratante de pepino com iogurte, que promove a regeneração da pele e auxilia no clareamento.
  • Tomar chá de aroeira, possui propriedades que inibem a tirosinase da pele, ajudando a clarear manchas na pele.
  • Ter uma alimentação rica em tomates, espinafres, beterraba, laranja e castanha do pará, além de outras frutas, legumes e verduras, pois são riscos em componentes que auxiliam na regeneração da pele, como luteína, leucopenos, ácido carboxipirrolidônico, vitamina C, vitamina E e selênio.
  • Evitar exposição a fontes de calor, além do sol, como forno da cozinha, carros estacionados, uso de smartphones em excesso, pois contribui para a pigmentação da pele.

Além disso, é muito importante beber cerca de 2 litros de água por dia, para manter a pele hidratada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dor no peito? Veja o que pode ser e o que fazer!

Acabe com as pálpebras caídas em apenas 2 minutos